One Bourbon , One Scotch , and One Beer.

The Blues. This is What I’m Talkin’About

robertjohson01ij3

Melancolia …esse é o significado da palavra“Blues” , no jeito peculiar de falar dos habitantes do delta do rio Mississipi, berço do ritmo. Acredita-se que tenha nascido em meados de 1619 , quando o primeiro navio negreiro atraca na costa Norte-Americana .  Nos porões, negros arrancados à força da África para o trabalho forçado em lavouras de algodão, tabaco e milho nas cercanias de New Orleans, nos estados de Alabama, Mississipi, Lousiana e Georgia.

Durante o Trabalho escravo , a musicalidade presente no sangue dos africanos , começa a aflorar , nas chamadas “Work Songs”, verdadeiros lamentos melódicos, entoados pelos negros na árdua tarefa de plantar e colher os produtos da terra. Enquanto uma voz entoava um verso, os outros trabalhadores faziam o coro.  Tudo a capela, de uma forma primitiva mas não menos visceral, sentimental e sempre rítmica. É a primeira manifestação musical dos negros na América que começavam a erguer com o sacrifício da liberdade perdida em pontos diferentes da África.

slavework

Começa a surgir assim a figura do blueseiro, ainda com um banjo em lugar da guitarra. Como o blues é uma música vocal por natureza, em sua versão instrumental o ritmo exige instrumentos de habilidade vocal, capazes de “imitar” a voz humana. E nada melhor para se obter este efeito do que a técnica de “knife-song”, de deslizar sobre as cordas do violão uma placa metálica para se obter um som lamurioso, que mais parece um gemido humano. Assim a guitarra acústica desbanca o banjo e passa a frequentar os braços, mãos & dedos dos blueseiros. Instrumentos de percussão de origem africana como o djambè e harmônica, com sua versatilidade, complementam o kit básico do blues primordial, que não dispensa a interpretação, o sentimento absoluto no cantar.

Slave


E assim , nasce o Blues do Delta ….e a música nunca mais seria a mesma.

«I’ve got de blues,
I beg to be excused
My heart is breaking and my head is aching
That is why I refuse
I’m all confused, ma gal I ‘spects to lose,
I can’t make no toast tonight ,
Because I’ve got de blues»

Smith and Bowman, 1901

No próximo post , Lendas do Blues , Whisky e Musica do Capeta.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s